Psicologia Yale Laurie Santos

Após meses de distanciamento social, mudanças de hábitos são fundamentais para afastar o estresse causado pela rotina

Todos nós poderíamos usar uma grande dose de felicidade agora. Foi quase um ano suportando pandemia violenta, polarização na política, desemprego em massa e medo do futuro. Mas o início de 2021 pode ser o momento perfeito para tentar encontrar um pouco de alegria em sua vida.

A professora de psicologia de Yale Laurie Santos morava no mesmo conjunto residencial dos alunos dela. Com essa experiência, aprendeu que os jovens adultos, embora abençoados por estarem em uma universidade tão importante, sofriam de ansiedade, estresse, crises de depressão e não se sentiam bem consigo mesmos.

No esforço de ajudar e fazer a diferença, Laurie criou um curso em Yale chamado “Psicologia e a Vida Boa”. O plano era oferecer aos alunos “insights de psicologia e neurociência sobre o que impulsiona o humano a ser feliz” e fornecer “exercícios de mudança de comportamento para ajudar a reconectar o cérebro”, em busca da felicidade. O projeto foi um sucesso fenomenal e se tornou a aula mais popular em 300 anos de história da universidade. Foi aberto ao público, e as inscrições dispararam para 1,1 milhão de alunos em março.

Veja a seguir algumas das dicas de Laurie:

Envolva-se socialmente

Os humanos são criaturas sociáveis. Sendo assim, uma das maiores reclamações das pessoas durante a quarentena foi que não conseguiam se envolver em interações cara a cara, intensificando o sentimento de solidão.

Um estudo conduzido pelos psicólogos Ed Diener e Marty Seligman “descobriu que havia uma atividade que diferenciava as pessoas felizes das demais –as mais contentes eram mais sociáveis” e seus “resultados eram tão fortes que esses pesquisadores consideravam que estar perto de outros grupos era uma das condições necessárias para elevar os níveis de felicidade”.

Como provavelmente trabalharemos em casa e o distanciamento social ainda será fundamental pelo menos nos próximos meses, você pode seguir o conselho da professora e encontrar maneiras de interagir melhor. Isso pode ser através de chamadas via Zoom com colegas de trabalho, familiares e amigos. Também pode participar de eventos online promovidos durante a pandemia para conhecer pessoas, estabelecer novos relacionamentos e aprimorar seu networking.

Expresse gratidão

As principais religiões, como cristianismo, budismo, hinduísmo e judaísmo, incorporam elementos de gratidão em suas práticas devido à importância dessa ação. Gratidão é uma forma de pensar na qual você aprecia todas as coisas boas da sua vida e reconhece todos os pequenos prazeres. Pode ser um lindo pôr do sol ou o gato ronronando suavemente ao seu lado.

Fuja das redes sociais e descanse

Existe um equívoco na sociedade de que se acumularmos dinheiro, status, influência, um corpo perfeito e posses suficientes, seremos mais felizes. De acordo com a especialista, depois que alcançarmos esses objetivos, ainda haverá um sentimento de insatisfação.

Além disso, gastar muito tempo nas redes sociais tende a fazê-lo com que se sinta inadequado e faz com que toda a diversão e otimismo acabe logo. Com isso, é melhor desintoxicar-se do Twitter, Instagram e Facebook.

Os EUA são conhecidos por sua cultura de trabalho excessiva, onde as pessoas se gabam de sempre estarem ocupadas. Ser um workaholic é uma prática aceitável e aplaudida. Segundo as aulas de Laurie, o que essas pessoas não percebem nessa obsessão é que estão perdendo todas as coisas que são realmente importantes na vida.

Esteja presente no momento

Psicólogos de Harvard descobriram em um estudo que “passamos mais de 40% do tempo divagando, sem prestar atenção no aqui e agora”.

Você precisa aprender a controlar seu “cérebro de macaco”. Essa expressão significa vagamente que nós, humanos, ainda somos animais e temos esses pensamentos rápidos que passam constantemente por nossas mentes. Quando um sai, outro pensamento negativo rapidamente toma seu lugar. Isso geralmente acontece quando você está em uma entrevista de emprego ou tenta progredir em sua carreira. Os pensamentos autolimitantes assumem o controle e podem facilmente paralisá-lo até à inércia.

Tente ser zen. Ou seja, permanecer no presente, valorizando o momento e abrindo mão de qualquer bagagem. Quando você estiver em uma entrevista, ouça atentamente ao entrevistador, pois é a pessoa mais importante do mundo naquele momento.

Um pouco de meditação também pode ajudar. Respire fundo, segure e expire. Limpe sua mente da raiva e dos sentimentos ruins. Diga um mantra positivo, como “vou usar esta lição para me inspirar a encontrar um novo emprego” ou “vou ajudar outra pessoa que está passando pela mesma provação”.

Tire um tempo para relaxar, mas também faça exercícios

Você precisa separar um tempo para desestressar. O início do ano e o verão podem ser o seu momento pessoal para recarregar as energias emocionalmente, mentalmente e espiritualmente. A professora sugere uma boa noite de sono para se levantar pela manhã com entusiasmo. Também é importante fazer exercícios. Você deve fazer longas caminhadas, correr, praticar ioga, ir à academia, andar de bicicleta ou fazer algumas flexões e abdominais.

Pratique a felicidade

Assim como tomar banho ou escovar os dentes todos os dias, é imprescindível trabalhar continuamente na sua felicidade. Haverá dias em que você não sentirá vontade, mas tente. A vida é dura e difícil. É normal que, mesmo que esteja feliz, tenha também momentos complicados. Tudo bem, não desista, apenas continue. Começar agora ajudará você a aumentar sua felicidade em 2021 (Forbes, 6/1/21)