João Berbel - Psicofonia

   

João Berbel - Psicofonia


Psicofonia
(do grego psyké, alma e phoné, som, voz), de acordo com a doutrina espírita, é o fenômeno mediúnico no qual um espírito se comunica através da voz de um médium.

A doutrina espírita identifica duas classes principais de psicofonia:

A consciente - quando o médium afirma ter percebido mentalmente ou escutado uma fala proveniente de um espírito que desejava se comunicar, tendo-a reproduzido com o seu aparelho fonador; e

A inconsciente ou sonambúlica - quando o médium afirma não saber o que disse, fazendo entender, neste caso, que o espírito comunicante ter-se-ia utilizado diretamente de seu aparelho fonador, por estar ele, médium, inconsciente.

Como se verifica em toda classificação espírita, esta deve ser entendida como didática, sabendo-se haver uma diversidade de nuances entre uma e outra classe.

Allan Kardec, em O Livro dos Médiuns chama os médiuns psicofônicos inconscientes de médiuns falantes.