A TRAGÉDIA DE SANTA MARIA

Pelo Espírito Bezerra de Menezes
Médium: Yvonne do Amaral Pereira (1900-1984)

Yvonne Pereira, deixou um grande legado de obras psicografadas e foi uma das mais respeitadas médiuns brasileiras, autora de romances conhecidos entre os espíritas; seu desencarne ocorreu em  1984. Trabalhou arduamente com processos de desobsessão e receituário mediúnico homeopático. Aos dezesseis anos a mediunidade tornou-se um fenômeno comum para a grande trabalhadora do Cristo, que dizia receber comunicações de além-túmulo, crônicas e contos em desdobramento, no momento do sono.

Entre as várias obras psicografadas pela autora escolhemos a belíssima obra ditada pelo amorável espírito do Dr. Bezerra de Menezes, que nos conta a história da família Barbedo que viveu no Solar de Santa Maria, nobre propriedade em terras brasileiras, em uma cidadezinha no Estado do Rio de Janeiro. Época da escravatura com relatos de muito sofrimento por parte daqueles que viveram em um cenário sombrio, encontramos amor, humildade, perdão, ambição, inveja, intriga, ódio e morte. O livro aborda o processo da reencarnação, onde a protagonista Esmeralda reencarna como Pámela após ter sido assassinada por sua madrasta Severina, que a vê usurpadora da fortuna e amor de seu marido, em detrimento a sua filha Ana Maria, enteada de Antonio de Barbedo. A enteada não conta com a simpatia deste para reconhecê-la como herdeira de sua fortuna e sobrenome, para posicionar-se em uma sociedade materialista e exigente, no convívio entre as classes abastadas.

Orgulhoso fazendeiro, Barbedo acredita no assassinato da filha, pelo genro, que é um abolicionista, apoiado por um amigo de confiança, Cassiano, ex-escravo liberto.

Crimes podem ficar impunes pela justiça humana, mas não pelas Leis Naturais. Um leitor sem o conhecimento espírita pode fazer deduções equivocadas, e seguindo o curso dessas Leis, o assassinato de Esmeralda tem uma criança como testemunha, que quando adulta, narra ao orgulhoso proprietário os detalhes do cruel procedimento.

A história com um enredo linear e instigante nos mostra que, sem o perdão e ajuda ao próximo, não seremos imbuídos de felicidade. Bezerra que conviveu com a família quando encarnado, e após, no plano espiritual, acompanha o desenrolar da história, com orientações à sua afilhada Esmeralda/Pámela. Todos serão felizes?

Acompanhe a lição de vida que Bezerra de Menezes nos traz por meio das mãos de Yvonne Pereira e como a transformação dos personagens que reencarnaram, exemplificam lições de que o amor e o perdão devem caminhar sempre juntos!

Abadia Matheus é articulista voluntária do IMA- Instituto de Medicina do Além