Foto reproduzida na tela principal do Google Meets da audiência pública 

Por Pedro Baccelli

A sessão tinha iniciado havia alguns minutos, quando entrou uma “enxurrada” de perfis fakes. Não demorou muito e os convidados indesejados começaram a reproduzir imagens com conteúdo sexual na tela principal. A reunião foi rapidamente encerrada. O caso será apurado pela Polícia Cientifica.

A audiência pública para mudança do zoneamento urbano do Recreio Campo Belo, na zona Norte da cidade, acontecia normalmente por volta das 15 horas desta quarta-feira, 26, quando alguém entrou e reproduziu a foto de uma pessoa com lingerie na tela principal.

O objetivo do encontro era discutir a regularização do Hospital da Caridade “Dr. Alonso y Alonso”, instalado no terreno do IMA (Instituto Medicina do Além). A estrutura está no bairro de chácaras, onde, de acordo com o zoneamento cidade, não poderia operar um hospital.

A sessão tinha iniciado havia alguns minutos, quando entrou uma “enxurrada” de perfis fakes. Não demorou muito e os convidados indesejados começaram a reproduzir imagens com conteúdo sexual na tela principal. A reunião foi rapidamente encerrada.

Em nota oficial, o IMA confirmou a invasão e anunciou que uma nova reunião, sem data confirmada, será marcada. “A audiência pública virtual marcada (...) foi suspensa após invasão no sistema do Google Meets. Nova Audiência Pública, preferencialmente de forma presencial, será definida nas próximas horas pelas autoridades municipais”, diz João Berbel, presidente do Conselho Deliberativo do IMA.

A Prefeitura de Franca vai acionar a Polícia Cientifica para investigar o caso (GCN Net, 26/1/22)