“Quando será que a TCI (Transcomunicação instrumental) vem acelerar para derrubar a barreira das duas dimensões?”

Ao mediar o debate entre o médium João Berbel e o estudioso do espiritismo e expert em tecnologia da informação Roberto José da Silva, o “Bob”, na manhã do último sábado (24) no programa “Tema Livre” transmitido ao vivo pela TV e Rádio RenovAção (www.tvrenovacao.com.br e www.radiorenovacao.com.br), um espectador encaminhou a pergunta acima para ser respondida no ar. Até então, o programa transcorria dentro da sua normalidade embora os temas pré-pautados aos debatedores consistiam nas conclusões de um artigo publicado pela BBC (ele está transcrito no site www.ima.org.br) com o título “Futuro sombrio previsto por agências de inteligência dos EUA para o mundo”.

Como mediador sugeri previamente que os debatedores procurassem estar prontos a responderem às seguintes questões:

- Tecnologia é prejudicial ou traz oportunidades para os que a utilizarem de maneira eficaz e primeiro?

- Organizações não-governamentais, incluindo grupos religiosos e as chamadas "empresas superestrelas da tecnologia" também podem ter a capacidade de construir redes que competem com - ou até mesmo - driblam os Estados?

No intervalo do programa comentei com João Berbel que um espectador tinha encaminhado uma pergunta que, na minha opinião, seria de difícil resposta. Até então, João e Bob não deixaram de esclarecer nenhum tema, mesmo que a conversa  levasse a temas como física quântica, astronomia, fé e tecnologia. Instigado pela equipe de produção do programa, João de pronto respondeu a provocação: “Põe a pergunta no ar que vou responder!”.

Já na volta do intervalo, faço a pergunta e, para surpresa minha, vejo e sinto o médium João Berbel discorrer sobre um tema difícil e que só quem estuda e acredita na comunicação entre o plano espiritual e os médiuns encontra explicação. O mesmo fenômeno ocorre quando João Berbel, como médium de cura, faz as cirurgias espirituais (já são mais de 6 milhões de pessoas assistidas) ou, quando escreve seus livros por psicofonia (já são 280 títulos que, juntos, já venderam mais de 2 milhões de exemplares).

Já tinha visto João Berbel discorrer sobre teologia, a história de Jesus, religião e fé com intelectuais e estudiosos, dentre eles padres, pastores e mestres espíritas, sempre usando argumentos consistentes e irretocáveis. Nunca o vi ser questionado por algum registro histórico que menciona quando se refere ao Evangelho ou ao Livro dos Espíritos de Alan Kardec. Ao contrário, todos os seus interlocutores sempre concordam com seus argumentos e, principalmente, com suas menções precisas à história na linha do tempo.

Convenhamos que esta performance não é comum para quem tem apenas o 4º ano de estudos incompleto e é um homem de hábitos simples, embora construísse uma obra intelectual e através da sua caridade e amorosidade tornou-se num grande empreendedor e constituísse instituições (IMA – Instituto de Medicina do Além, Obras Assistenciais Dr. Alonso y Alonso,  Escola Madre Tereza de Calcutá e Hospital da Caridade de Franca) que atendem gratuitamente a centenas de milhares de pessoas.

A íntegra do programa “Tema Livre” que reúne João Berbel, Roberto José da Silva e Arlete Berbel está disponível em https://ima.org.br/programacao-ao-vivo e o momento em que é formulada a pergunta e João Berbel responde está em 1h32 minutos do programa. Vale a pena conferir...(Ronaldo Knack é Jornalista e Bacharel em Direito e Administração de Empresas. É voluntário do IMA – Instituto de Medicina do Além e diretor da TV e Rádio RenovAção)